sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Mim

Em mim há abismos
E cataclismos sem fim
Há vulcões e há sismos
Mas tudo enfim vira jardim

Nenhum comentário: