domingo, 24 de fevereiro de 2013

Zarpar de outros portos

Não quero ficar no mesmo canto:
o corpo quer deixar o reino dos mortos.
Não quero narrar o mesmo conto:
a mente quer zarpar de outros portos.

Nenhum comentário: