sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

João da Costa

João da Costa,

Tu ages na calada da noite
E na surdina tu te revelas.
Tua gestão foi um açoite
Nossa desprezo é o que levas.

Tristeza e Alegria

Tristeza e Alegria
São velhas vizinhas.
Tão velhas que tem dia
Que as pobres velhinhas
Confundem-se de moradia.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Terno puído

O meu fato roto
Está todo moído 
É traje de morto
É terno puído

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Felicidade?

Condicionar a felicidade à realização dos sonhos é aposta de alto risco para a vida. Viver com ânimo a despeito das incompletudes e das reticências talvez seja o verdadeiro desafio. Sonho realizado é um capricho para quem tem o hábito de resignificar, incondicionalmente, o presente como dádiva.

MEDITAÇÃO

MEDITO, medito, me di to, me deito zzzzzzzzz

Any wave brings the whole sea

Any wave brings the whole sea
Each shore reveals all the oceans
My eyes show places never seen
My tears melt in all existent emotions

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Real

O real não é fotografia
Tampouco é um show
Num átimo vida havia
Noutro a vida murchou

sábado, 8 de dezembro de 2012

Feixe de possibilidades

Se a vida é um feixe de possibilidades, desfrutá-la-ei comendo peixe e falando amenidades.

Franqueza

É lamentável quando a franqueza é confundida com uma forma de fraqueza.

Primeiro passo

Para quem se acomodou, o hiato entre o manter-se quedado e o primeiro passo é infinitamente maior do que o abismo a separar o primeiro do milésimo passo.

Bibliômano

Indaga-se o bibliômano:

- Mas se eu só comprar e-books como vou fazer para acharem que sou culto?

Responde seu colega que durante muito tempo foi considerado o maior alfarrabista da cidade:

- Compre vários dispositivos de leitura eletrônica e espelhe-os pela casa. Alegue que a memória de cada um é insuficiente para comportar todos os seus livros. E o legal é que você nem precisa comprar mesmo. Basta deixar a bateria descarregada.

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

SPORT

Hoje as lágrimas 
São de tristeza
Mas essas lástimas
Vão-se com certeza

O amor

O amor é o soberano do tempo, pois chega e vai embora na sua hora, que nem sempre é a nossa. Mas não rara é a sensação de que ele chega tarde e esvai-se cedo.

O cínico



Eu desfilo minhas crenças
Fantasiadas de verdade.
Tomo críticas como ofensas
Que tolhem minha liberdade.

sábado, 1 de dezembro de 2012

Moralismo

O moralismo só convence quem já é convencido (ou convertido)

* Acepção nº 2 do conceito de moralismo contida no dicionário de filosofia de Nicola Abbagnano: “Na linguagem comum e cada vez mais na filosófica, esse termo designa a atitude de quem se compraz em moralizar sobre todas as coisas, sem tentar compreender as situações sobre as quais expressa o juízo moral. Nesse sentido, o M. é um formalismo ou conformismo moral que tem pouca substância humana”.

 **Apostei no uso do verbo "ser" em vez do verbo "estar" porque algumas pessoas SÃO convencidas, nunca ESTÃO convencidas. Estar concencido(a) de algo é ainda deixar um brecha aberta para futuras discussões e reposicionamentos. Ser convencido(a) de algo é fechar qualquer forma de diálogo.

Nem toda casa é lar

Nem toda casa é lar
Nor every house is home
Lar é mais que um lugar pra deitar
É muito mais do que um canto onde se come.

Lar é onde se é junto, mesmo intrigado.
Lá, privacidade e intimidade são compatíveis
Lar é onde se é aguardado e se é guardado
De todos os riscos e males possíveis.