quarta-feira, 28 de março de 2012

Millôr

Nada é mais forte
Nada dói mais
Que tua morte
Sem um “até mais”.