terça-feira, 11 de setembro de 2012

No espírito de Parmênides

Sigo e me reinvento
Mas não é suficiente
Eu tento, tento e tento
E sou sempre o mesmo ente.

Nenhum comentário: