terça-feira, 11 de setembro de 2012

Basta

Se um sacerdote subir ao púlpito para condenar a homossexualidade, não logrará senão aumentar o ódio. Com seu discurso, ele não fará calar o desejo – que é o que define a orientação sexual de uma pessoa – mas acalentará o ódio dos ignorantes. E mesmo que não diga, é este seu propósito, pois assim se verá à frente de uma massa raivosa que se crê santa. Para aumentar seu poder, isto basta.

Nenhum comentário: