segunda-feira, 7 de maio de 2012

Velhas metáforas

Eu não durmo: perco-me de mim mesmo. Não acordo: surpreendo-me desperto.

Nenhum comentário: