quarta-feira, 11 de abril de 2012

morrendo de medo

Desde muito cedo
Que eu já vivia
Morrendo de medo
E queimando de azia.

Ai que agonia,
Eu só queria a poesia....

Nenhum comentário: