quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Dica para quem é indicliplinado(a) (como eu) e pretende organizar suas atividades

Elabore uma lista de atividades. Mas esteja atento(a) a um detalhe importante. Você deve fazer isto como se não o fizesse para si mesmo(a), mas para outra pessoa sobre quem você tem autoridade. Guarde o roteiro. No dia seguinte, execute o que a listinha lhe recomenda. Lembre-se de que ela foi preparada por alguém para quem você não pode dizer "não".

Ver as coisas como se fosse uma cadeira

Adoraria assumir a perspectiva de alguns objetos. Cada um a seu modo deve ou pelo menos deveria ter uma visão das outras coisas que compõem o mundo. Fico imaginando às vezes por que ângulo nos capta uma cadeira. Se assim fosse, o que nos diria?

Essa forma antropomórfica de perceber os seres inanimados pode oferecer no mínimo um pouco de divertimento. É um tipo de jogo que aguça a imaginação e faz correr o tempo. Ainda pode tirar de cena o ser narcisista que somos. É um modo de nos representarmos enquanto coadjuvantes. Quem sabe se deste exercício lúdico não nos ocorrerão compreensões novas e significativas?

domingo, 21 de agosto de 2011

Mistério

Podemos espiar o mistério por diferentes frestas.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Dilema

O mais perto que nos é dado chegar
Do hamletiano dilema
É a dúvida, a teima:
Comprar ou não comprar.

Pesadelo

Acordar dum pesadelo
Coloca-nos o dever
De desligar a tevê
E viver com mais zelo.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Fears


sometimes i really get tired
of all the foolishness around
but i can't just run away, i'm tied
my fears don't make me proud