segunda-feira, 7 de março de 2011

O carnaval não é subversivo

Não sei se já foi um dia, mas não creio que o carnaval seja hoje uma manifestação verdadeiramente subversiva. Não percebo, nos dias de Momo, a redução dos males que adoentam nossa sociedade.

O carnaval não reduz as desigualdades econômicas, mas os reflete limpidamente. Tampouco atenua o machismo, a homofobia, o racismo, a corrupção, a violência no trânsito e nas ruas, o alcoolismo... Onde está a subversão? Nas roupas femininas vestidas pelos homens?

Nenhum comentário: