domingo, 28 de junho de 2009

É ISTO UM HOMEM?

Vocês que vivem seguros
em suas cálidas casas,
vocês que, voltando à noite,
encontram comida quente e rostos amigos,

pensem bem se isto é um homem
que trabalha no meio do barro,
que não conhece a paz,
que luta por um pedaço de pão,
que morre por um sim ou um não.
Pensem bem se isto é uma mulher,
sem cabelos e sem nome,
sem mais força para lembrar,
vazios os olhos, frio o ventre,
como um sapo no inverno.

Pensem que isto aconteceu:
eu lhes mando estas palavras.
Gravem-nas em seus corações,
estando em casa, andando na rua,
ao deitar, ao levantar;
repitam-nas a seus filhos.

Ou, senão, desmorone-se a sua casa,
a doença os torne invalidos, os seus filhos virem o rosto para não vê-los.


Primo Levi

sábado, 27 de junho de 2009

sábado, 20 de junho de 2009

Desrespeito

Há uma prática sutil e cruel de desrespeito: a indiferença aos que merecem e necessitam de cuidado.




sexta-feira, 19 de junho de 2009

Símbolo

Um símbolo é a natureza humana a se espargir pelo cosmos. E dentre todos os símbolos isolados ou combinados, nenhum há que espelhe mais fidedignamente esta natureza que a ?.

Anticorpo

O marginalizado é a encarnação máxima da figura do outro; seu corpo é uma ameaça; o marginalizado é o anticidadão, é o anticorpo da urbe.

Comprar

Nos dias solitários da contemporaneidade, comprar se afigura muitas vezes como uma experiência afirmativa do ego.

ps: pensando bem, depende do bar...

terça-feira, 16 de junho de 2009

Velhice

Com a velhice não chegam necessariamente a virtude e a honradez. A idade avançada não faz de um crápula um santo.


Spinoza



"[...] por estarem conscientes de suas volições e apetites, os homens se crêem livres, mas nem em sonho pensam nas causas que os dispõem a ter essas vontades e esses apetites, porque as ignoram."


segunda-feira, 15 de junho de 2009

Amanhã

Incógnito é o amanhã
Que se avizinha de mim.
De nada adianta o afã
De sondar a face do fim.

Uma mão

Em treva profunda
Me perdi uma vez.
Mas uma mão rotunda
No abismo encontrei.

Riso

O riso é a arma maior que nos pode livrar da loucura.

domingo, 14 de junho de 2009

Walt Whitman - To you

A você

Forasteiro, se, enquanto passas, desejares falar comigo,
Por que não o farias?
Por que eu não haveria de ter contigo?

Livre tradução