sábado, 7 de fevereiro de 2009

Chave e/ou cadeia

Há casos em que uma idéia se mostra como uma espécie de chave. Por seu intermédio somos capazes de adentrar em espaços jamais imaginados. Por outro lado, casos há em que uma idéia funciona como cadeias: de tal modo nos detêm que sequer suspeitamos da nossa situação de cativos.

2 comentários:

shenia disse...

Valeu cunhado por fazer parte do blog da rasgando o verbo. Grande abraço.

Dodô disse...

jéfferson, certa vez li um livro do romântico alemão Schlegel só com fragmentos, chama-se "o dialeto dos fraqgmentos" e é impressionante como em um parágrafo podemos dizer coisas que muitas vezes nos alongamos deveras. abração, meu caro!