sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

O tempo da arte

Quando uma obra de arte me afeta, minha experiência vulgar do tempo é interrompida. Tudo se passa de modo incrivelmente lépido ou curiosamente lento.

Nenhum comentário: