quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Entre o futuro e o presente

Entre o futuro incerto
E o presente indubitável,
Olho para o céu aberto
E desejo o mais improvável.

Nenhum comentário: