terça-feira, 7 de outubro de 2008

Vida

Deitado sob as estrelas,
Subo até as núvens
Para despencar delas.
Vida: eternos vai-e-vens...

Nenhum comentário: