sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Poesia Sem Título

A tua métrica torta me excita.
Só ela me sossega - a tua rima.
Tua dança me cansa e me nina.
Tua vida: minha poesia favorita.

02/03/2007

Poesia dedicada a Sheilinha

2 comentários:

MONTEIRO TENORIO, Raphael. disse...

Tenho uma duplicata de Heidegger eu troco pelo seu Nietzsche!

AHUuhAHUe

Kali disse...

Eita porra... Adorei!!!