sexta-feira, 20 de junho de 2008

Augúrios

20/06/2008
Hoje à tarde cheguei em casa cabisbaixo por conta de um insucesso. Eis que, acima da porta, na parede, avisto uma criatura belíssima e que me alentou bastante: era uma esperança, uma esperança em minha porta...
21/06/2008
Ontem à noite fui comer uma pizza com Sheila e, no caminho de volta para casa, quando me perguntava se a esperança ainda estaria por sobre a porta de entrada para a sala do lugar onde vivo, deparei-me com um gato preto...
Ao acordar, abri a porta e verifiquei que a esperança pernoitou exatamente onde eu a havia visto ontem. Algumas horas depois, contudo, tive de enxotá-la a vassouradas porque ela se refestelava com as plantinhas que cultivamos no hall defronte à porta a que já aludi tantas vezes...
Enxotei a esperança a vassouradas da minha casa...
ps: a esperança ainda está viva; agora há pouco dei uma olhadela pela janela e vi que ela se farta de uma plantinha verde no jardim do pátio do condomínio em que moro...

Nenhum comentário: