quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Filosofia

Alguns conhecidos meus, estudantes de filosofia, evidenciam-se mais pelo que não sabem do que pelo que presumem saber. E não se trata aqui de caso similar ao de Sócrates.
Quantas e quantas vezes não tive de ouvir comentários deselegantes proferidos por tais colegas quando se referiam ao filósofo A ou B estudado por algum outro aluno do curso de filosofia da UFPE? Essas invectivas, se submetidas a uma vivissecção, denotam, imediatamente, profundo desconhecimento daquilo de que se arvoram sabedores. Desconhecimento porque tendem, via de regra, a direcionar a sua energia contra os famigerados estereótipos dos pensadores: Nietzsche, o louco; Kant, o donzelo; Hegel, o padreco etc e etc. As piadinhas se proliferam como verme em carne putrefata.
Mais lamentável ainda é testemunhar tão abominável comportamento entre professores. Nada há de mais revoltante que ter de ouvir um doutor, como diria uma amiga, chafurdar no senso comum. Desonestidade intelectual é erva daninha que infelizmente grassa nalguns recantos do nosso departamento quando pessoas com titulação acadêmica elevada imprimem um selo sobre a obra de algum pensador e tentam apresentá-la a partir de então sempre sob um prisma reducionista qualquer.
Assim sendo, sem qualquer retórica proclamo a minha estultície. Mas também sem qualquer modéstia proclamo a minha vontade e o meu esforço para pensar, o que implica, necessariamente, pensar inclusive o que me desagrada por quaisquer que sejam os motivos. Prefiro que me conheçam pela meia dúzia de palavras plausíveis que possa dizer acerca de um filósofo e de três palavras arrazoadas que possa dizer por mim mesmo a notabilizar-me por meio de trocentas palavras canhestras e desreipetosas a respeito do pensamento de quem mal sei como se escreve o seu nome.

2 comentários:

Pininga, Thiago disse...

"como verme em carne putrefata." ...os urubus tao fazendo a festa...v soh, concordo contigo tbm tem um texto lah no meu blog que tbm fala disso (post precaução)...e tipo, nosso tempo é uma volta ao sofismo, serio mesmo...faustao, diogo mainardi, veja, propagandas de todo tipo enquanto os filosofos estao todos se matando em nome da verdade...aristoteles diz que se for escolher entre a verdade e a amizade, que se escolha a verdade pois com ela podemos ajudar o amigo...ao inves de amigar um filosofo e disser q ele nunca erra, o q eh impossivel, devemos ver em q erra para melhorar sua filosofia...acho isso...quanto ao sofismo o proprio aristoteles, platao e socrates, embora diferentes, se juntaram para derrotar esse inimogo comum: o da mentira, da retorica, eristica, etc...bacon no novum organum tbm...precisamos de um novo novum organum...reclicar, restaurar, ver o q tah dando errado e o q dah certo..exclir o errado e investir no certo...tem ate um tipo de jornalismo chamado sensacionalista q usa exatamente de sofismo, o do ad homini, o de provocar emoção, etc..e jornalismo eh formador de opiniao e de massa...tem gente pensando q o mainardi é o filosofo do brasil...soh lixo

http://urubu-da-filosofia.blogspot.com/

soh pra completar... meu blog surgiu de uma discussao em outro blog de amigos meus que cursam jornalismo...entrou um cara lah q era praticamente um neosofista...nao vou dar os detalhes, mas o texto era sobre arte engajada (por isso uso de erasmo, da comedia e evidencio a pratica delas)...e foi assim q surgiu o blog, como critica aos lixos da veja, da globo, da imprensa, do meios de comunicação de massa (q como falei sao formadores de opiniao)...e internet eh o meio q nos de filosofia podemos usar contra tudo isso....pq nosso proprio simbolo, a coruja, perdeu o efetio, ou melhor, virou enfeite...vc chega e diz q faz o curso de filosofia, a pessoa diz "que bom!", mas no fundo nem sabe o q é pq tem a imagem da coruja e nao a utilidade!!!
.. se as pessoas vissem utilidade em filosofia iriam procurar mais...soh q por incrivel q pareca preferem ver faustao ou gugu no domingo pensando ser util pra vida delas um lixo daqueles!!!temos q mostrar quao inutil sao essas coisas e quao util a filosofia...seja de qual filosofo for...
temos que tirar os filosofos do caixão pq parecem estar todos mortos, eh assim q as pessoas vêm, tdo mundo aqui sabe q o pessoal pensa assim...outro dia encontrei uma mensagem "a filosofia nao revoluciona nada, nem quem a estuda"...depois outro solta "nao importa de onde veio, mas o q estah dito (sobre a opiniao dele)" no melhor estilo"o homem eh a medida de todas as coisas"...sabemos q eh tudo mentira, mas nao adianta saber, tem q agir...

jeffersontadeu disse...

Interessante o seu comentário, Thiago. Muito obrigado por disponibilizar um pouco do seu tempo para ler e comentar o que escrevo.
Também passarei a acompanhar o seu blog. Vamos sempre discutindo.
Não me esqueci daquele papo sobre Erasmo e Nietzsche.
A gente se vê.
abraço!!